pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

3 de mar de 2010

A MORTE

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:
A MORTE
  “Morte, tu que és tão forte,
matas o gato, o rato, o homem...”
 Raul Seixas
 
A morte assusta a todos, ricos e pobres, bonitos e feios, cultos e analfabetos. Ninguém está livre desse derradeiro acontecimento. Porém devemos estar cientes da nossa condição humana. Não viveremos para sempre. Não como homens e nem nesse mundo como o conhecemos. Mas somos eternos como alma e espírito. E quando deixarmos esta vida significa que estaremos mais perto de Deus.
Todas as religiões tentam provar que depois da morte corporal , existe alguma coisa mais nos esperando. Os cristãos acreditam em ressurreição, ou seja, ficaríamos em algum lugar esperando o julgamento final. Os espíritas acreditam na encarnação e na reencarnação, quer dizer, você volta a viver em outro corpo para se aperfeiçoar mais e chegar mais perto de Deus. Até os cientistas, que só acreditam no que podem provar cientificamente, hoje já tentam provar que existe a vida após a morte. Então, porque temer o inevitável? Temos apenas que nos concientizar que a morte é apenas um recomeço. Devemos estar sempre preparados para que ela não nos pegue desprevenidos. Vasmos procurar sempre fazer o bem em todas as situações em que nos encontrarmos.
A morte é a única certeza dessa vida.

Não devemos temer a morte, pois esse é o nosso destino mais preciso. Não sabemos quando e nem como vai acontecer, e se soubéssemos isso, talvez, atrapalharia nossa caminhada nessa vida.
O importante, então, é nos concientizarmos que ela é inevitável e tentar não pensar nela. Deixar ao destino ou ao acaso a chegada da hora fatal.  Se perdermos alguém muito próximo, sei que a dor é infinitamente grande, e até pensamos que nunca vai passar. Nestes momentos precisamos de muito calma e força interior. Tudo passa, o tempo cicratiza tudo. Se alguém se foi aqui na Terra é porque Deus precisou dele lá no céu. Eu particularmente, pelo até agora com os que foram, penso que é melhor passar desta vida para um outro plano do que permanecer aqui com todos os problemas que enfrentamos no dia-a-dia. Imagino que lá onde eles estão a vida é mais justa e o ar, menos poluído.

O que é a morte?
É o fim de uma vida ou o começo de outra?
A morte é o final de tudo, é o fim do mundo?
Ou é apenas um recomeço?
Quando nascemos é porque antes morremos?
Ou só nascemos porque ainda vamos morrer?
Por que tem homens que estão tão ocupados...
Tâo ocupados com seus orgulhos, tempo, dinheiro
Ocupados com seus afazeres, suas vaidades, intolerâncias
Tão apressados...
E no fim vão conhecer a única certeza dessa vida:
A Morte.
Tão esperada pelos suicidas, tão cantada pelos poetas,
Tão amaldiçoada pelas viúvas e pelos órfãos.
A morte não é o fim...
Senão tudo que fizemos na vida teria sido em vão.
A morte não é o começo...
Visto que temos que viver antes de morrer.
Nem que seja por nove meses, ou menos...
 
“Morte saia do meu encalço que eu não vou dar bobeira,
enquanto eu for vivo, vou driblar a morte até o fim.”
 
Renato Brandão

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs