pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

7 de fev de 2011

Djinn

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui

Djinn


Djinn

Jinns ou Djinns são seres espirituais maléficos ou benéficos. Eles possuem o poder de presidir o destino das pessoas e das cidades as quais têm domínio. Eles foram criados por Deus num período que fica entre criação dos Anjos e a criação do homem.

No Alcorão (Livro sagrado dos Mulçumanos), exatamente na Surata 55, intitulada "AR RAHMAN" (O CLEMENTE) nos Versículos 14 e 15, o Arcanjo Gabriel relata que o homem foi criado do barro, ao passo que os Jinns (gênios) foram criados de uma chama de fogo.
Em nome de Deus o Clemente o Piedoso - citação do Alcorão
55 ª Surata Versículo 14 - "Ele criou os Dinns do fogo vivo."
55 ª Surata Versículo 15 - "E criou os Dinns do fogo vivo."

Jinns (Gênios): Quem são eles? No versículo 50 da 18ª Surata, diz que Iblis (Lúcifer) era um dos Jinns, dando a entender que foi por isso que ele desobedeceu à ordem de Deus. Contudo, em passagens semelhantes nos dito que Deus ordenou aos anjos que se prostrassem perante Adão, coisa que eles fizeram, menos Iblis. Isso implica em que Iblis havia feito parte da companhia dos anjos. Existem outras passagens do Alcorão que citam a interação de gênios e de homens.
Em nome de Deus o Clemente o Piedoso - citação do Alcorão 18ª SURATA - Versículo 50
"E (lembra-te) de quando dissemos aos anjos: Prostrai-vos ante Adão! Prostraram-se todos, menos Lúcifer, que era um dos Dinns, e que se rebelou contra a ordem do seu Senhor. Tomá-los-íeis, pois, juntamente com a sua prole, por protetores, em vez de Mim, apesar de serem vossos inimigos? Que péssima troca a dos iníquos!"
O significado da raiz da palavra em árabe ‘janna’, ‘yajinnu’, é: "ser coberto ou escondido", e com o verbo na voz ativa, significa: "cobrir ou esconder". Algumas pessoas dizem que ‘Jinn’, portanto, significa as qualidades ou capacidades ocultas do homem; outras, que significa seres da selva, ocultam-se nos montes.

No Alcorão ‘Jinn’ significa apenas "um espírito" ou uma força invisível ou oculta. Em algumas histórias folclóricas, como ‘As Mil e Uma Noites’, eles foram personificados com formas fantásticas, detentores de enormes poderes, capazes de realizar os mais profundos desejos de quem os dominassem.

Sua definição varia muito de cultura para cultura, em suma os Dinns pertencem a mesma categoria dos Anjos, a chamada categoria dos Gênios, conhecida pelos esotéricos como categoria dos elementais. Os Anjos são gênios assim como os Dinns.

Os Anjos (Gênios) são seres celestiais que praticam o bem. Os Dinns (Gênios-contrários) são seres espirituais que praticam tanto o bem quanto o mal. O primeiro Dinn a se rebelar contra Deus chama-se IBLIS, conhecido no mundo ocidental pelo nome de Lúcifer, (Lúcifer significa Senhor da Luz, afinal ele foi criado do FOGO... da LUZ DO FOGO).
Anjos Caídos ou Demônios, assim são chamados todos os anjos que deixaram o plano celestial e se tornaram seguidores de Lúcifer.
Veja alguns dos nomes pelo qual é chamado o Dinn IBLIS
- Gênio do Mal - equivale ao Diabo
- Gênio das Trevas - equivale ao Diabo
Através de rituais é possível invocá-los, mas atenção; os Dinns não são sempre aqueles seres bonzinhos do tipo, Gênio do Aladin. Eles podem ser perversos e traiçoeiros, a ponto de matar aqueles que o invocaram ao invés de realizar seus desejos.
Existem basicamente 4 categorias de Dinns, elas estão divididas de acordo com os elementos: fogo, água, ar e terra.

Suas características:
A possessão ou presença do Dinn do AR e marcada pela sensação de cansaço, falta de ânimo para fazer as coisas... Eles podem ser presos em garrafas especiais, como nas lendas.

O Dinn da ÁGUA tem o poder de influenciar negativamente a pessoa no aspecto emocional, levando-as a depressão e a choros compulsivos. Em casos de suicídio a pessoa deprimida escolhe morrer afogada.





O Dinn da TERRA; as pessoas que sofrem com as influencias deste espírito não conseguem ficar dentro de casa, sentem um forte desejo de ir para o campo, suas roupas a incomodam, só ficando a vontade quando estão despidas.

O Dinn do FOGO é responsável pelo sentimento de ódio, inveja. Ele é mais ativo, geralmente não mata seu possuído, porém pode usá-lo para matar outro ser humano.

Atenção: Estas invocações foram retiradas do Grimore do Bruxo Negro e adaptadas às condições do Brasil. Foram aqui mencionadas apenas como caráter ilustrativo. Não aconselhamos a ninguém a fazer o ritual. Mesmo para os mais céticos, este ritual lida com elementos culturais fortes, podendo provocar distúrbios psíquicos ou repulsão das pessoas ao seu redor. O fato também de se utilizar fogo no ritual, merece cuidados redobrados afim de se evitar incêndios e queimaduras. O giz pode provocar alergia a algumas pessoas.

A presença do Dinn será marcada por uma sensação de calor. Se você fez tudo corretamente e botou fé em seu chamado, o Dinn ouvirá seus desejos e anseios, podendo realizá-los... Mas lembre-se; o Dinn é interesseiro, não fará nada de graça, ele exigirá algo em troca ... Outra coisa, não precisa oferecer sua alma...o Dinn não trabalha com esse tipo de pacto. Como ele é o mestre dos sonhos e desejos, você poderá durante seu sono fazer uma barganha com ele.

Continuando...

Caros colegas ... O que vou postar aqui são revelações!

Quero que todos fiquem cientes que certas coisas nos causam pertubações, tanto quanto psicologicas como espirituais!

Portanto leiam e acreditem! Muitas coisas nos parecem verdades! E quando as mesmas são reveladas de uma forma diferente, muitos estranham!

Eu confesso que no começo, não acreditava! Então comecei a estudar, enfiei a cara nos livros antigos e vi que realmente eu estava sendo feito de otário!

Leiam com atenção!

FILHO DO FOGO - O Descortinar da Alta Magia Vol. 2

Lucifér, nosso pai, o maioral, tem sob seu comando os quatro Grandes Príncipes. Lucifér ocupa a décima-segunda dimensão espiritual e os seus quatro Grandes Príncipes a nona dimensão. Estes — Leviathan, Astaroth, Bélzebu e Asmodeo — são mais fortes e poderosos do que a classe dos Principados. São Príncipes que têm um domínio territorial Global muito extenso. Atuam no mundo todo, é claro, com diferentes nomes conforme muda-se a região. Mas de forma mais intensa em alguns lugares do planeta. Nosso interesse maior é em relação ao mapeamento destas regiões específicas. Falemos brevemente sobre eles. Leviathan atua muito fortemente na América Latina e especialmente no Brasil. Asmodeo tem seu compromisso na América do Norte e Estados Unidos. Bélzebu está bastante ligado ao Oriente, à Índia, China, Mongólia. Astaroth tem uma participação especial na África, na Austrália, Nova Zelândia. Estes quatro Príncipes contam cada um deles com uma "Guarda de Honra" composta por cinco Capitães. Estes vinte Capitães ao todo são dos mais poderosos e influentes Principados. Eles favorecem a atuação dos seus Príncipes e têm fortes domínios em diferentes pontos do Globo. Não vamos entrar muito em detalhes dos outros, falemos mais da hierarquia ligada ao Príncipe de vocês: Leviathan. Ele está associado ao elemento Água. Isso nos trás uma série de revelações subliminares acerca do seu modo de atuação e raio de Poderes. Cresce o seu domínio em toda a região ligada aos mares, aos rios, às cidades costeiras e regiões portuárias. Ele comanda boa parte das legiões das Águas. Mas como podemos identificar isso? Se vocês prestarem atenção, aqui no Brasil boa parte do folclore regional e das Religiões de massas estão associadas intimamente ao elemento Água. Os principais deuses cultuados no Brasil são a "Aparecida" — que saiu das águas —, e a Iemanjá, que dispensa maiores comentários nesse sentido. Até dentro do contexto indígena aparece a Iara, ou "mãe d'água". Percebe-se a influência cabal de Leviathan por trás destes objetos de adoração. 

Continuando...

Além do que a própria Bíblia se refere a este demônio como o "dragão do mar", a "serpente deslizante". Vejam como o Brasil é muito propício para Leviathan, um "Habitat" natural para ele. Um país de costa marítima muito extensa. E se formos nos aprofundar e divagar no termo Bíblico descobrimos um pouco mais. A Floresta Amazônica é um sím¬bolo que faz menção, no reino físico, a uma realidade espiritual: as serpentes se escondem nas matas! Não é à toa que o Brasil tem a maior floresta do mundo! Ela como que "abriga" o esconderijo da "serpente deslizante"! O Principado mais proeminente da sua Guarda é Abadom, o braço direito de Leviathan. Este é um demônio principalmente de destruição, ruína, perda e morte. Atua na região do Oriente Médio, Irã, Iraque, Israel. Ele é considerado o chefe dos gafanhotos que sairão do Abismo, mencionados na profecia de Apocalipse. Ao seu comando ele tem nove demônios, nove Potestades muito poderosas.
Na região da Índia, China, Tibet e proximidades Leviathan conta com o domínio de Shiva. É um demônio de sensualidade, prostituição, adultério. Está muito ligado também à idolatria desse povos. Thamúz atua na região da Itália. Tem também forte ação dentro da Maçonaria, por exemplo, que é um dos Braços do Satanismo. O-Yama é o quarto demônio que faz parte da Guarda de Leviathan. Tem ligações com o Japão, Malásia, Vietnã e aquelas localidades ao redor. E um dos principais demônios por trás da idolatria e do cativeiro em que se encontra aquela região. Rimmon atua na região de Espanha e Portugal e, junto com Thamúz controla boa parte da Europa. Mas voltemos aos Grandes Príncipes e à simbologia do Pentagrama no que dia respeito aos elementos representados. Sabemos que Lucifér é o quinto elemento, a Energia pura. Já disse que Leviathan é o elemento Água. E os demais?
Asmodeo está associado ao Ar. O seu braço direito, Dagon, é um Principado capaz de causar tempestades, furacões, maremotos. Notam a influência dos Poderes dos Ares?! 
Como vocês sabem, esse é o tipo de coisa muito comum na América do Norte. O nome de Asmodeo é mencionado no livro apócrifo de Tobias e também no Talmude. Ele é conhecido como o Príncipe da luxúria e da corrupção. Por causa desses seus dotes fica muito clara a influência sobre os Estados Uni¬dos. A corrupção e a luxúria imperam naquele país. O próprio símbolo de Asmodeo foi divulgado por todo o mundo. E ele partiu dali, de dentro dos Estados Unidos, através da moda "Punk". Aquele "A" cortado não quer dizer "anarquia" pura e simplesmente como acreditam e apregoam os punkes. Antes é o símbolo de Asmodeo! Nosso terceiro Príncipe, Bélzebu, o Senhor das Moscas, associa-se ao elemento Fogo. E o fogo é o elemento que tudo consome. Isso faz alusão ao modo como ele age. Está ligado às disseminações de pragas, doenças, enfermi¬dades. Isso certamente os faz lembrados das péssimas condições de higiene e de saúde em toda aquela região! E das moscas! Inclusive seu principal escudeiro é Nosferatus, o responsável por destruir e consumir as energias, "sugar energias". Toda a atuação dele é no sentido de consumir, ânimo, saúde, bem estar, etc...! Bélfegor e Behemoth estão associados a Bélzebu também. Mas Belfegór não está ainda em nossa dimensão. Astaroth, representado pelo elemento Terra, é um demônio de confusão e engano que está muito ligado à Era Mística, dos cristais, dos duendes, das pirâ¬mides e tudo o que se propaga através do Movimento Nova Era. Mas a questão do elemento Terra faz mais alusão ao mundo material. Quero dizer que tudo o que prende o ser humano ao mundo horizontal, ao "Ter", é influenciado por Astaroth. Ele está também ligado ao domínio das riquezas da Terra e sua cobiça pelos homens.
Esses trechos foi retirado do livro Filho do Fogo. Nesse livro, um ex-satanista faz revelações grandiosas! Após ler esse livro eu mesmo desisti de toda hipocrisia cristã! E parti de encontro com os verdadeiros conhecimentos, as verdadeiras verdades!!!

Espero que apreciem!

Parece ser irreal, mas é a pura verdade!

Regie Saitan!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs