pesquisa magos da luz

Custom Search
------------------- -------------------------------------
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

16 de mai de 2012

ouviu vozes estranhas, (relato)

envie seu relato sobrenatural ou pergunta piresvale@gmail.com os relatos serão divulgado aqui


esse acontecimento e' 100% veridico, aconteceu com a familia da minha mae num sitio no Bau'-SC, tem muitas testemunhas que ate' hoje contam suas experiencias nesse lugar.
minha mae usou a historia pra fazer uma redaçao nos tempos de escola dela. por isso o texto abaixo vai parecer meio livro.. copiei exatamente o que tava no caderno dela, e' longo,mas acho q vale a pena:

"Meus avos residiam num enorme e maravilhoso sitio. La encontravamos paz, tranquilidade e pureza. Tudo que ansiamos nas grandes cidades.
Tudo começou no dia 8 de fevereiro de 1979. Neste dia apenas vovô estava em casa, vovo' estava viajando. Quando anoiteceu como de costume, vovô foi alimentar suas criaçoes de porcos,galinhas e vacas. Estava quase terminando a tarefa habitual quando ouviu um barulho estridente. Notou que uma telha do rancho fora quebrada por uma pedra. Imediatamente saiu do rancho para descobrir quem jogou, mas nao teve sorte pois a noite ja' estava presente. E mais pedras caiam sobre as telhas, provocando um barulho assustador. Uma hora depois cessara a loucura das pedras.
Na manha seguinte vovô levantou quase que esquecido do incidente. Levantou da cama, tomou seu cafe' e foi alimentar as criaçoes. Chegando perto do rancho teve um certo receio mas entrou. Quando entrou foi quase atingido por uma pedra. Assustado, foi averiguar de onde surgiam, ficou abismado: elas surgiam no ar fazendo piruetas.
Ao meio dia vovo' chegou de viagem, quando soube do sucedido ficou muito abalada. Imediatamente veio a Blumenau(cidade proxima) avisar o papai(de minha mae) que fosse ao sitio e tentasse descobrir o motivo das pedras. Papai foi acompanhado pelo seu irmao, tio Joao, que foi armado com uma pistola em caso de emergencia. Quando chegaram foram diretamente ao rancho, quando, de repente, PLOM!, mais uma telha quebrada. Tio Joao saiu imediatamente e começou a gritar "Se ha' alguem jogando essa pedra, pare ou ira' se arrepender". De nada adiantou o aviso, pois as pedras continuavam a cair.
Tio Joao apontou a pistola contra o mato, descarregando a pistola pra nada.
Todos os dias aconteciam a mesma coisa, ao amanhecer, meio dia e ao anoitecer. Era so colocar os pes no rancho que começava a decolagem das pedras.
Surgiram pessoas de toda parte, os chamados curiosos pra ver o misterio. Havia aqueles que diziam q se tratava de um tesouro enterrado debaixo do rancho, outros diziam que vovô estava devendo dinheiro a um irmao falecido, e agora o falecido estava cobrando as dividas. E ha' os que falavam que o vizinho mais proximo de vovô quis um dia comprar o sitio e o vovô recusou-se a vender e, assim, para colocar medo nos meus avos eles fizeram o jogo das pedras.
As pedras cairam durante uma semana cessando ate' um certo tempo.
Um primo de vovo' levou ao sitio um homem que se dizia ser missionario e que saberia dizer o que realmente estava acontecendo no sitio. Dizia ele que o espirito de um demonio estava impregnado nas redondezas do sitio. Ele fez oraçoes, cantou e gritou para os maus espiritos se afastarem. Mais da metade da familia achou isso uma verdadeira loucura.
Passou-se 1 mes de tranquilidade, depois desse tempo novamente a intranquilidade reinava no sitio. A guerra das pedras começava novamente durante apenas 3 dias, mas mesmo assim vovo' muito desanimada e com certo receio de viver naquele sitio isolado e assustador pos o sitio a venda, e assim apareceram alguns compradores, mas com proposta inequivalentes as enormes terras existentes no sitio. Meus tios, inclusive papai, nao concordaram com a venda do sitio, pois achavam um patrimonio valioso ,e foi la onde nasceram e viveram ate' formar uma nova familia… e assim passaram-se 2 meses e nunca mais ouvi-se falar em pedras.

Em meados de maio um primo de segundo grau de papai foi visitar meus avos. Vovô que e' uma pessoa muito calma e conversadeira contava o fato dos acontecimentos ocorridos nos ultimos meses.
Vovô foi ate' o rancho descrevendo a historia e mostrando os estragos que ficaram no rancho, e no transcorrer da conversa o primo do papai ouviu vozes estranhas, era alguem se enforcando, gemidos horriveis, e por incrivel que pareça vovô nao ouvia absolutamente nada porque ele conversava normalmente. O primo para nao assustar meus avos nao comentou nada sobre o ocorrido, apenas papai e meus tos ficaram sabendo.
Depois de um mes, tia Erci, cunhada de papai, foi passar um fim de semana com a familia no sitio. Ela como gostava muito de andar a pe pelo sitio foi colher goiabas acompanhada por dona Maria, vizinha de vovo'. Enquanto elas colhiam goiabas, tia Erci relatava o caso das vozes estranhas. Como a tia era uma pessoa ativa e muito brincalhona começou a imitar as vozes estranhas, de repente ela percebeu que estava sendo acompanhada num ritual de vozes. O medo ponderou-se nas duas mulheres. Eram vozes assustadoras por todos os lados. A partir daquele dia meus avos ficaram sabendo do caso das vozes estranhas, e assim quando apareceu o primeiro comprador o sitio foi vendido. E ate' hoje as vozes assustadoras e pedras continuam um misterio…"
eh isso ai'., minha mae disse que a familia que comprou o sitio nao durou 3 meses la'. varias familias comparam e venderam. minha familia,inclusive, tentou comprar o sitio de novo por causa das terras e da abundancia de agua,mas nao conseguiram…ainda bem kkk vai que coisas bizarras acontecessem de novo!
mas todos dizem que podem garantir que nao era algo desse mundo. 2 tias da minha mae(filhas do avô dela) viam as pedras saindo do chao, como se fosse alguem pegando e jogando nas telhas de raiva. ela tambem contou que um outro tio dela la' no sitio falava que nao acreditava nessas baboseiras paranormais, e assim q ele falou a corrente que meu bisavô tinha acabado de fechar começou a se mover Oo
tem muito mais historias que ela nao relatou nesse texto dela. e' so' perguntar para os tios dela q todos saberao alguma..
e nessa cidade onde ocorreu tudo isso tem a lenda de um padre que jogou praga na cidade. mataram ele, nao sei por qual motivo exatamente. mas antes de morrer ele disse "essa cidade jamais crescera'. vai ser pequena pra sempre!" e assim foi…a cidade quando tava ate' q crescendo foi praticamente destruida pela enchente de 2008 que ocorreu em SC. cidade bizarra….

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Marcadores

Follow by Email

Recent Posts

Postagens populares

Minha lista de blogs